Coreografias / Choreographies
Choreographed by Carlos Manuel Oliveira and performed by Fernando Romão and Vasco Gomes. Music composed by Bruno Pernadas and played by Bruno Pernadas, David Leitão, João Correia and Ricardo Ribeiro. Lights by Cristovão Cunha and Anatol Waschke. Sound by Inês Lamares. Duration: 50min. Produced by COTÃO - Associação Cultural and Co-Produced by Belém's Cultural Centre, Arte em Rede and Sem Rede. Residencies at Teatro Municipal de Almeirim, Teatro Municipal do Cartaxo and Teatro Municipal de Santarém. Ferloscardo toured extensively throughout Portugal, between 2006 and 2007.
Ferloscardo is a follow-up from the previous piece in that it conserves the same spatial structure, composed by six hanged lamps, and remains a choreography for two jugglers. Commissioned by Giacomo Scalisi, Belém's Cultural Centre theater and new circus curator, Ferloscardo also came to include a quartet of musicians to play the music composed by Bruno Pernadas. As it moves through a series of landscapes derived from the continental Mediterranean region, Ferloscardo draws upon the rhythmic vividity of its musical ensemble for animating the performers' movement, from task-like procedures to clownish expressions. Ferloscardo was conceived as a piece of theatrical circus aimed at all kinds of audiences and it happened to be one of the first of its kind made in Portugal. As theater critic João Carneiro wrote in the weekly newspaper Expresso, Ferloscardo "is an act of balancing light, not something about the perception of the real under the prism of light, nor about objects' existence in relation to the luminous space. It is only about playing with things that always seem fascinating, but which never acquire the status of spectacle. (...) It is an economy of detail, a reversal of waste, the contrary to the wealthy life of the new rich".
TRIADIC (2012)
FERLOSCARDO (2006)
WHITE TIGER (2010)
FERLOSCARDO (2006)
GARMENT (2007)
CIRCULARITIES (2009)
MEYOUIT (2008)
CQNV, CQNR (2011)
CIRCO (2004)
POINT TO ONE END (2013)
DDDA (2017)
Ferloscardo é uma coreografia para dois malabaristas e seis pêndulos. Comissariada pelo Centro Cultural de Belém em 2006, percorreu no ano que se seguiu mais de 40 teatros municipais em Portugal. Com música escrita por Bruno Pernadas e tocada ao vivo por quatro membros da Orquestrinha do Terror (incluindo o compositor), este é um espectáculo que nasceu da amizade entre Carlos Manuel Oliveira e Fernando Romão, dois jovens de um mundo Mediterrâneo que ocupam com jogos e brincadeiras. Concebido para um público generalista com a colaboração de Giacomo Scalisi e Madalena Vitorino, Ferloscardo foi uma das primeiras produções de novo circo realizadas em Portugal. Nas palavras do crítico de teatro João Carneiro, Ferloscardo "é um acto de equilíbrio da luz, nada que ver com a percepção do real sob o prisma da luz, ou a existência dos objectos em relação ao espaço luminoso. É um jogo com coisas que sempre nos parecem fascinantes mas que nunca adquirem o estatuto de espectáculo. (...) é uma economia do detalhe, a reversão do dispêndio, ao contrário da vida dos novos ricos."
Coreografado por Carlos Manuel Oliveira e interpretado por Fernando Romão e Vasco Gomes. Musica escrita por Bruno Pernadas e interpretada por Bruno Pernadas, David Leitão, João Correia e Ricardo Ribeiro. Luzes por Cristovão Cunha e Anatol Waschke. Som por Inês Lamares. Duração: 50min. Produzido por COTÃO - Associação Cultural. Co-produzido por Centro Cultural de Belém, Arte em Rede e Sem Rede. Residências nos Teatro Municipal de Almeirim, Teatro Municipal do Cartaxo e Teatro Municipal de Santarém. O Ferloscardo circulou extensivamente pelos teatros municipais de Portugal, entre 2006 e 2007.
PROPOSIÇÕES (2018)